Viagens corporativas podem representar um valor significativo para as empresas, principalmente se são frequentes e envolvem vários funcionários.

Na busca por formas de economizar na compra de passagens aéreas, hotéis, as empresas usam os serviços das agências de viagens corporativas para conseguirem os melhores preços. Provavelmente, é por isso que um dos golpes mais comuns acaba sendo aplicado, no momento em que as empresas buscam por agências com bons preços. 

Nossa dica? Seja cético em relação aos “grandes negócios”. Vale a pena ter cautela se alguém te cobrar por um fee abaixo do mercado.

Algumas agências de viagens tentam seduzir as empresas informando que possuem descontos exclusivos junto aos fornecedores e que podem oferecer uma oferta imperdível ao não cobrar fee ou cobrar, mas com um preço irrisório e o pior, prometem economizar até 40%. Esse tipo de discurso é bem comum, mas provavelmente significará que o “barato demais”, no final, incluirá taxas ocultas que tornarão o serviço mais caro do que o normal.

Não são todas agências que possuem essa conduta, mas é sempre importante estar atento.


Como isso acontece?

As grandes agências de viagens possuírem tarifas especiais junto a companhias aéreas, hotéis, operadoras de turismo é normal, pois possuem alta demanda desses serviços, reservando com frequência.

Porém, os agentes vendem esses serviços com uma taxa adicional para cobrir os custos, pois o fee cobrado na proposta comercial não é suficiente. Essa taxa é o conhecido markup.

Ou seja, no final da reserva de um voo, por exemplo, o consumidor deverá obter um valor semelhante ao que ele pagaria em uma reserva direta com a companhia aérea, ou muitas vezes um preço melhor, certo?

Errado!

Os agentes de viagens ganham em cima do markup quando os clientes reservam as passagens aéreas. Eles cobram um valor superior ao cobrado pela companhia aérea, apresentando ao cliente um preço alterado, com markup já incluso.

Ao adotarem a prática de ocultar os valores do markup, os agentes não permitem que os consumidores visualizem os detalhes de suas transações e tenham conhecimento do real preço da passagem aérea.

Algumas agências utilizam dessa política de aplicar margens de markup oportunistas ou excessivas, com a desculpa que é o preço pelo serviço do agente. Mas, o fato é que os seus sistemas foram programados para realizar automaticamente o somatório de tarifa + markup e mostrar ao consumidor um valor de tarifa adulterado.

Para mascarar o markup, muitas agências preferem trabalhar com e-mail. Então, antes de fechar qualquer contrato, solicite que a agência envie um certificado de sistema informando que não permite a utilização do mark-up.

Como isso afeta as empresas?

Algumas agências cobram um fee baixo ou zerado por seus serviços, o que leva as empresas a fecharem a parceria na hora. Mas, o que não é pensando no momento da negociação, é como a agência vai compensar essa oferta de fee baixíssimo. E, é nesse momento, que muitas vezes a compensação volta para as empresas através das já citadas taxas adicionais ocultas.

Essa prática não é realizada por todas as agências de viagens, mas já afetou várias empresas e ficou conhecida como “Make Up” ou, no português, maquiagem de bilhete. Isso levou a desconfiança por parte dos consumidores quanto a credibilidade das empresas de viagem.

É essencial e importante para o mercado de turismo, que cada vez mais as agências de viagens sejam transparentes em seus serviços e condições, de forma que os consumidores tenham acesso a valores justos e transparentes.

Ter um controle eficiente dos gastos com viagens da empresa pode ser uma das formas de se prevenir contra esses golpes, ao tornar-se possível identificar e analisar valores que saem do comum. Pensando nisso, listamos algumas dicas que tornam o processo de gerenciamento de viagens mais seguro, porém ainda prático e eficiente.

Dicas para uma gestão de viagens segura:

  • Invista em uma plataforma de gestão de viagens;
  • Solicite que a agência envie um certificado de sistema informando que não permite a utilização do mark-up;
  • Utilize cartão de crédito para pagamento das despesas, e certifique que o pagamento está sendo efetuado direto no fornecedor.

Entre em contato com a gente e conheça as soluções que a equipe da BTM Corporate pode oferecer para as necessidades da sua empresa.